terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Farac TV – Webdramaturgia

Na última semana, após a realização de uma enquete entre os usuários, foi aprovado o início da webdramaturgia no blog “Gabriel Farac”, que irá consistr na publicação de capítulos de novelas, séries e minisséries. O projeto terá início no primeiro trimestre de 2017, mas sem data prevista – provavelmente na primeira quinzena de março, mas podem ocorrer alterações.

Os autores interessados em ter suas obras publicadas aqui no blog devem mandar um email para gabefarac@gmail.com, contendo: sinopse DETALHADA da obra, o formato (novela, série ou minissérie) e sua duração em número de capítulos. Se possível, enviar também o primeiro capítulo. Na segunda quinzena de janeiro, será divulgada as obras aprovadas e a fila de autores para os três horários de novelas – 18h, 19h e 21h, tradicionalmente.

Para evitar problemas como cancelamento das tramas, atraso na entrega de capítulos e etc, algumas regras foram estabelecidas:

- É necessário que 60% da novela já esteja escrita para iniciar sua publicação no blog (por exemplo, uma trama com previsão total de 80 capítulos, deverá ter no mínimo 48 textos prontos antes de sua estreia).

- Caso um autor falhe em continuar a escrita de sua obra, a mesma será remanejada para outro escritor para que possa dar acabamento à trama, a seu critério de execução narrativa (ou seja, o novo autor terá liberdade criativa para fazer o que quiser com as storylines e seus personagens). Não serão toleradas webnovelas simplesmente “canceladas”.

- Novelas serão publicadas de segunda a sexta-feira e deve durar um mínimo de oito semanas (ou seja, cada trama deverá ter ao menos 40 capítulos).

- Cada capítulo de novela, série ou minissérie deverá conter, no mínimo, 15 cenas. Não há limite mínimo ou máximo de caracteres, mas é importante que você desenvolva sua história de forma a envolver o leitor – ou seja, evite escrever cenas com uma ou duas falas, ainda mais irrelevantes para o desenrolar da trama.

- Séries e minisséries têm suas durações definidas pelos seus criadores – lembrando que minisséries serão exibidas diariamente, e séries, semanalmente. As obras devem estar 100% escritas à época de sua exibição.

- Cada autor estará comprometido ao blog “Gabriel Farac” e, portanto, deve levar a responsabilidade a sério. O não cumprimento das regras acarretará no impedimento de publicar outras obras no futuro.

SOBRE OS ROTEIROS

Você tem uma boa história e ainda não sabe como transformá-la em uma novelinha virtual? Veja algumas dicas a seguir que te ajudarão a fazer web novela.

Que história você vai contar?
Saber o enredo da sua web novela é muito importante e você deve decidi-lo mesmo antes de começar a escrever. O ideal é que você tenha um bloco de notas somente para fazer estes apontamentos.

Tenha noção de como sua web novela vai começar, alguns pontos no desenvolvimento e como ela vai terminar. Claro que você pode alterar a medida que escreve, mas isso evita que você se perca e acabe com uma história sem pé nem cabeça. Antes de começar a escrever, você tem que pensar se averá conexão entre as ações e o final já tem que estar moldado em sua cabeça. Claro que mudanças ocorrem, mas é preciso ter uma base.

Criando um roteiro
Ter um roteiro significa que você deve pensar nos mínimos detalhes como, por exemplo:

Nome e sobrenome dos personagens. Pensar nestes detalhes é importante para evitar que você coloque um nome completo de alguém muito conhecido ou de seu círculo de amizade. A não ser que a sua web novela vá contar de fato uma história verdadeira, escolha com cuidado todos os nomes da história.
Locais onde se passará a história. Você pode usar um país, cidade e bairro que existe ou criar um fictício. Caso o local seja real, é importante que você de fato conheça o ambiente.
Escolha os casais e as famílias. Montar uma espécie de árvore de relacionamentos evita que personagens se choquem em um determinado momento ou que isso aconteça de uma forma que deixe sua história mais emocionante.
Ortografia

A maioria das pessoas que possuem um espaço virtual abusam do internetês, com abreviações do tipo “vc”, “tb”, “pq”, entre outras. Sua web novela não deve conter esse tipo de palavras e o cuidado com o que escreve e como escreve é muito importante. Se estiver na dúvida sobre como escrever uma ou outra palavra, consulte um dicionário. Observe erros gramaticais também e SEMPRE revise o seu texto antes de publicá-lo.

Cuidado com o plágio!
Todo mundo já conhece as histórias contadas em filmes e novelas onde tem um mocinho, um bandido, onde o bem sempre vence no final e os casais terminam juntos. A forma como você vai contar isso na sua web novela é que fará diferença na sua história.

Cuidado com os nomes que vai escolher, enredos e como eles se desenvolvem para não acabar sofrendo alguma queixa de plágio. Escrever um rascunho do capítulo e somente depois dar ênfase nos detalhes evita bastante que você acabe, mesmo que de forma inconsciente, plagiando algum outro autor.

As seguintes dicas foram retiradas do Blog da Zih.

INTRODUÇÃO AO ESTILO

Um roteiro é formado, basicamente, da seguinte estrutura:

Cabeçalho – que revela o número de cena (3); o local (campinho) e o tempo (dia). Vale destacar que são vários, os tipos de cabeçalhos, mas o importante é possuir as quatro informações destacadas. Um novo cabeçalho é necessário a cada vez que mudar o lugar e/ou tempo. Exemplo:

Mariana levanta-se da cama e, sonolenta, ENTRA no

BANHEIRO

Abre a torneira, (...)

Descrição – segue a ação da cena. O que está acontecendo? Quem está na cena? Onde está? Deve ser o mais clara possível, mas valem trechos evocativos, como vemos em: “(...) que se revela um frangueiro”. Mas, atenção, não exagere nesses trechos evocativos, como no exemplo abaixo:

Lucas lendo um ofício, afoito; está procurando seu nome na lista gigantesca de classificados para o vestibular, que havia feito no mês passado.

Personagens – no roteiro, e frise isso, os personagens não expressam suas emoções através de pensamentos ou narrações em OFF, mas com ações. Sempre que aparece pela primeira vez, é interessante descrever seus principais traços físicos – nunca os emocionais. É comum, também, que, em sua primeira vez, surja em letras maiúsculas.

Diálogos – por não existir narrador que conte tudo para nós, é preciso que nossos personagens FALEM, visto que esse é o principal jeito de a história movimentar-se. Como dizer que o personagem é homossexual? Monte ações e falas que indiquem isso!

Para terminar o item, é sugerido, de forma a padronizar os roteiros brasileiros, o seguinte:

- Fontes: Courier New (tam. 12) ou Times New Roman (tam. 12). Cor preta em ambos.
- Cabeçalhos: em negrito.
- Descrições sem negrito/itálico ou afins.

ESTRUTURANDO SEU TEXTO

CAPA – Quando fazemos um roteiro, a última coisa que escrevemos é a capa, que deverá incluir as seguintes informações:

Título.
Nome do autor.
Nome da firma ou pessoa a quem se entrega.

CENAS – Cenas de exposição, de preparação, de complicação, de clímax (obligatory scenes) e de resolução. Por outro lado, temos a...

SEQUÊNCIA – Uma série de tomadas ligadas por continuidade. Como se pode concluir, uma sequência é o mesmo que cena. Não se deve confundir sequência com plano-sequência. Este é a união de planos numa mesma tomada.

Localização: uma casa em X.

Sequência 1: Quanto de casal
                      Cozinha
                      Exterior da casa

Personagens

Protagonista, antagonista e complementares
Todo o protagonista de uma história carrega a responsabilidade de atrair o público para si. Isso acontece, porque a história gira em torno dele. Entretanto, temos que perceber que os personagens complementares também carregam essa função. Mais ainda, porém, estão os antagonistas. Esse tópico foi preparado para isso, para percebermos a importância desses três tipos de personagens: protagonistas, antagonistas e complementares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário