segunda-feira, 13 de abril de 2020

“Avenida Brasil” desbanca 19 antecessoras e se torna a maior audiência da década no “Vale a Pena Ver de Novo”


Entrando em suas semanas finais de exibição, “Avenida Brasil” acaba de conquistar um novo recorde: é a maior audiência da década de 2010 no “Vale a Pena Ver de Novo”. O folhetim supera oficialmente 19 antecessoras, tendo o maior desempenho desde 2009.

Com 134 capítulos exibidos, a trama de João Emanuel Carneiro acumula média de 18,01 pontos. No comparativo com a média final de suas antecessoras, supera “Senhora do Destino” (17,98 pontos no critério de desempate), “Por Amor” (17,8), “O Rei do Gado” (17,4), “O Clone” (16,9), “Cheias de Charme” (16,7), “Cordel Encantado” (16,0), “Mulheres de Areia” (15,6), “Sinhá Moça” (15,2), “Chocolate com Pimenta” (14,9), “Anjo Mau” (14,5), “Caras & Bocas” (14,2), “Caminho das Índias” (14,2), “Celebridade” (13,9), “O Cravo e a Rosa” (13,8), “Belíssima” (13,7), “Da Cor do Pecado” (13,5), “Sete Pecados” (12,8), “Cobras & Lagartos” (12,4) e “O Profeta” (11,9). Só fica atrás de “Alma Gêmea”, que terminou com 19,8 pontos há 10 anos.

Na média domiciliar, “Avenida Brasil” já destronou “Por Amor” e se tornou a novela mais vista da história do “Vale a Pena Ver de Novo”, com 1 milhão e 331 mil domicílios sintonizados – a média também é equivalente a 3 milhões e 655 mil indivíduos apenas na Grande São Paulo. Em seguida, a trama de Manoel Carlos aparece com 1 milhão e 296 mil casas, e “A Gata Comeu”, de 1989, ocupa a terceira colocação com 1 milhão e 269 mil.

Vale lembrar que a trama protagonizada por Débora Falabella e Adriana Esteves segue no ar pela TV Globo até o dia 1º de maio – ou seja, a média do folhetim deve aumentar consideravelmente até seu término.