terça-feira, 25 de junho de 2019

“Topíssima” tem menos audiência que reprise de “A Terra Prometida” em todo o Brasil


No ar desde 21 de maio, “Topíssima” retomou a exibição de novelas contemporâneas na Record TV após um hiato de quatro anos, quando “Vitória” (2014) saiu do ar. A audiência da novela, no entanto, ainda não correspondeu ao esperado pela emissora.

Contando com os primeiros 24 capítulos exibidos, a trama escrita por Cristianne Fridman acumula 8.0 pontos de média em SP. Além de estar abaixo dos 10 pontos estipulados para o horário, há também uma queda de 18% em relação à sua antecessora, a reprise da novela bíblica “A Terra Prometida”.

No comparativo entre as obras exibidas na faixa das 19h, “Topíssima” supera “Belaventura” (6.9) e a reapresentação de “Os Dez Mandamentos” (6.0) – esta, inicialmente levada ao ar na faixa das 18h, e posteriormente transferida. A trama fica atrás da adaptação brasileira de “Rebelde” (8.8), a já citada “A Terra Prometida” (9.8), reprise de “A Escrava Isaura” (10.5) e a inédita “Escrava Mãe” (12.0), o maior sucesso da emissora neste horário.

Em contrapartida, o folhetim dirigido por Rudi Lagemann garante excelente desempenho em Salvador, onde aparece com 15.4 pontos de média, e em Goiânia, com 13.6 – em ambas as praças, a audiência é inferior à “A Terra Prometida”, que cravou 16.1 e 15.9 no mesmo período. Os bons índices ainda se repetem no Rio de Janeiro (9.9), Belo Horizonte (9.8) e Belém (9.6). Seu pior desempenho é em Manaus, com apenas 5.4 pontos na média – nesta capital, a novela tem sua queda mais expressiva: 49% (a reprise da obra de Renato Modesto acumulou 10.6 pontos).

Já no Painel Nacional de Televisão, “Topíssima” tem 8.9 pontos de média. Este índice é superior à “Jezabel”, novela bíblica que a sucede na faixa, até o momento com 7.4 pontos – o pior desempenho entre as duas últimas tramas do horário, “Jesus” e “Apocalipse”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário