terça-feira, 25 de junho de 2019

“A Dona do Pedaço” eleva audiência da Globo em 12%


Há pouco mais de um mês, a Rede Globo colocou no ar sua nova novela das nove, “A Dona do Pedaço”, escrita pelo veterano Walcyr Carrasco com direção artística de Amora Mautner. A trama tem como principal objetivo elevar os índices de audiência do horário, sem prestígio após a passagem de “O Sétimo Guardião”.

Com 30 capítulos, “A Dona do Pedaço” fecha com 31.9 pontos na média parcial de São Paulo. O número é 12% maior em relação à sua antecessora, e é também o melhor desempenho de uma novela das 21h desde a exibição de “Amor à Vida” (2013), também escrita por Carrasco.

A obra protagonizada por Juliana Paes supera, no mesmo período, “Segundo Sol” (31.5), “Passione” (31.4), “Insensato Coração” (31.4), “A Força do Querer” (31.0), “Em Família” (30.6), “Império” (30.5), “Salve Jorge” (30.4), “O Outro Lado do Paraíso” (29.7), “Velho Chico” (29.0), “O Sétimo Guardião” (28.5), “A Lei do Amor” (25.9), “Babilônia” e “A Regra do Jogo”, ambas com 25.0 pontos. O folhetim só fica atrás da já citada “Amor à Vida” (33.9), “Avenida Brasil” (36.1) e “Fina Estampa” (38.0), entre as novelas exibidas nesta década.

A Dona do Pedaço” estreou com índices altos e surpreendentes. Logo em sua segunda semana, com o sétimo capítulo, cravou 35.6 pontos de média – índice superior a todos os capítulos de “O Sétimo Guardião”, cujo melhor desempenho foi de 34.6 pontos no penúltimo dia de exibição. Na segunda-feira seguinte (03/06), a novela voltou a bater recorde com 37.1 pontos. Nas últimas duas semanas, no entanto, os números estagnaram. Entre 17 e 22 de junho, por exemplo, registrou 30.8 pontos, seu menor índice.

Pelo Brasil, a trama registra boa audiência em sete praças. Seus melhores resultados estão em Belém, onde acumula 37.6 pontos na média – ante 32.0 de “O Sétimo Guardião”. O maior crescimento, no entanto, foi em Recife: média de 32.0 pontos, com 22% de aumento de público. Os bons índices se repetem ainda no Rio de Janeiro (31.9), Curitiba (31.4), Porto Alegre (31.3) e Florianópolis (29.7). Já em Goiânia a realidade é diferente: apenas 20.8 pontos – índice 2% inferior à trama de Aguinaldo Silva, que teve 21.2 no mesmo período. Em Salvador, tem o segundo pior desempenho, com 23.0 pontos. Já em Fortaleza, acumula 24.2.

No PNT, “A Dona do Pedaço” tem 29.7 pontos, abaixo de “A Força do Querer” (30.9) e “Segundo Sol” (30.8).

Nenhum comentário:

Postar um comentário