terça-feira, 21 de maio de 2019

“O Sétimo Guardião” decepciona e termina com pior audiência desde “A Lei do Amor”


A Globo finalizou na última sexta-feira (17/05) a exibição de “O Sétimo Guardião” na tradicional faixa das 21h. A trama, que veio recheada de polêmicas e escândalos desde a concepção da sinopse, não atingiu os resultados esperados pela emissora e derrubou a audiência do horário em todo o Brasil.

Os 161 capítulos da trama de Aguinaldo Silva fecham com média geral de 28.8 pontos, o pior em dois anos. O índice é considerado baixo, levando em consideração a meta de 30 pontos estipulada para a faixa. Curiosamente, é o mesmo desempenho de “Pega Pega”, trama de Claudia Souto exibida no horário das 19h em 2017. A trama protagonizada por Bruno Gagliasso e Marina Ruy Barbosa derrubou em 14% os índices da antecessora, “Segundo Sol” – é a terceira queda mais expressiva da década, atrás apenas de “Em Família” (2014) e “Babilônia” (2015).

No comparativo, “O Sétimo Guardião” supera “A Regra do Jogo” (28.5), “A Lei do Amor” (27.2) e “Babilônia” (25.4), consideradas os maiores fracassos da história da TV Globo. A trama ainda fica atrás de “Velho Chico” (29.0), “Em Família” (29.6), “Império” (32.7), “Segundo Sol” (33.3), “Salve Jorge” (34.0), “Passione” (35.1), “Amor à Vida” (35.5), “A Força do Querer” (35.6), “Insensato Coração” (35.8), “O Outro Lado do Paraíso” (38.2), “Avenida Brasil” (38.7) e “Fina Estampa” (39.0).

O Sétimo Guardião” não apresentou reação positiva durante sua exibição. Seu melhor desempenho, de 34.6 pontos alcançados com o penúltimo capítulo, foi inferior à média do primeiro capítulo de “Segundo Sol” (35.2). Já o último dia de exibição rendeu 34.2 pontos, a quarta pior audiência da história da Globo. Um ano antes, “O Outro Lado do Paraíso” se despedia do público com 48.4 pontos, e “A Força do Querer”, com 50.1 – sendo este a melhor média diária de uma novela desde “Avenida Brasil”, em outubro de 2012.

O folhetim dirigido por Rogério Gomes derrubou a audiência da Globo pelas capitais brasileiras. Salvador foi a praça que mais apresentou dor de cabeça para a emissora: apenas 19.8 pontos, ante 30.7 de “Segundo Sol” – uma queda de 36%. Em Fortaleza, “O Sétimo Guardião” perdeu 24% do público herdado da antecessora e finalizou com apenas 22.7 pontos. Já em Vitória, foram 24.5 pontos, contra 31.5 da trama de João Emanuel Carneiro.

Foi em Belém que a novela obteve seu melhor resultado: 35.5 pontos. Em Porto Alegre, cravou 30.4 pontos, sendo estas as únicas praças onde a obra conseguiu permanecer acima da meta estalebecida. No PNT, que mede a audiência das 15 principais capitais, “O Sétimo Guardião” obteve 27.6 pontos, índice inferior a “Segundo Sol” (33.0) e até mesmo “A Lei do Amor”, que saiu do ar com média de 28.1.

A Globo aposta agora em “A Dona do Pedaço”, assinada por Walcyr Carrasco com direção artística de Amora Mautner, para recuperar o público e erguer os números gerais do horário mais nobre da emissora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário