segunda-feira, 11 de maio de 2015

“Alto Astral” eleva audiência da Globo no horário das sete

No último capítulo de Alto Astral, Laura e Caíque se casam em cerimônica ecumênica

hegou ao fim a novela das 19h da Rede Globo, “Alto Astral”, na última sexta-feira (08/05). A trama não conseguiu ultrapassar a nova meta de 25 pontos estipulada pela emissora para faixa, mas elevou consideravelmente os índices do horário que estava em queda espiral nos últimos anos.

Na média geral, o folhetim do estreante Daniel Ortiz aparece com uma média final de 22.1 pontos, a melhor audiência desde “Sangue Bom”, exibida em 2013. No comparativo, “Alto Astral” supera “Além do Horizonte” (19.7 pontos) e “Geração Brasil” (19.4), tramas consideradas os maiores fracassos das 19h nos últimos anos. No entanto, fica atrás de “Guerra dos Sexos” (22.8), “Tempos Modernos” (24.0), “Sangue Bom” (24.6), “Aquele Beijo” (25.0), “Ti-ti-ti” (29.6), “Morde e Assopra” (30.0), “Cheias de Charme” (30.0) e “Caras & Bocas” (31.0), dentre as dez últimas novelas exibidas.

Embora não tenha batido a casa dos 30 pontos, a Globo viu seus índices de audiência crescer com a reta final da trama. Na última segunda-feira (04/05), bateu recorde com 28.9 pontos de média. No penúltimo capítulo (07/05), bateu novo recorde, cravando 29.2 pontos na Grande São Paulo. O último capítulo da trama não bateu recorde, mas registrou média de 28.3 pontos, superando os desfechos de “Geração Brasil” (22), “Além do Horizonte” (26), e empatando com “Sangue Bom” e “Guerra dos Sexos”, ambas com 28 pontos.

Alto Astral” também se destaca pelo número de “vitórias” sobre “Babilônia”, atual novela das nove da Globo. A última semana de exibição do folhetim registrou 27.2 pontos de média, contra 26.0 da trama de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga.

A nova novela das sete da emissora, “I Love Paraisópolis”, escrita por Alcides Nogueira e Mário Teixeira, estreia nesta segunda (11/05) com o objetivo de manter ou elevar os índices de “Alto Astral”.

3 comentários: